Use a ícone nas páginas para adicionar aos favoritos

Planejando uma viagem ao Japão?

Compartilhe suas fotos de viagem conosco usando a hashtag #visitjapanjp nas suas imagens

Meus favoritos

gokayama gokayama

TOYAMA Gokayama Os vestígios de um mundo desaparecido no coração da rural Toyama

Os vestígios de um mundo desaparecido no coração da rural Toyama

Conheça a história viva ao visitar Gokayama, reconhecida pela UNESCO.

Não perca

  • Os prédios bem preservados de Ainokura e Suganuma
  • Passe a noite em uma das pousadas gassho-zukuri de Ainokura
  • As exibições de luzes de Suganuma (às sextas-feiras e sábados de março)

Como chegar

Chegue à Gokayama ao combinar trens e ônibus.

Em Toyama , as estações Takaoka e Shin-Takaoka são as centrais de transportes da região. Na Estação Shin-Takaoka pegue o Ônibus do Patrimônio da Humanidade e vá diretamente à Gokayama em uma hora. Na Estação Takaoka pegue a Linha de Trem Johama até a Estação Johana (50 minutos) e lá pegue um ônibus por 25 minutos até Gokayama.

Os vestígios do antigo Japão

As aldeias rurais de Gokayama são cheias do charme e simplicidade dos bem preservados prédios gassho-zukuri. No verão eles são um refúgio relaxante da agitação da cidade grande, enquanto no inverno são como entrar em uma velha imagem ukiyo-e, cujos telhados nevados representam cenas de beleza rústica.

Faça uma oração

Ainokura e Suganuma são os nomes atuais das vilas históricas Taira e Kamitaira. Seus famosos prédios de "mãos orantes”—assim chamado pelas junções dos telhados de palha que se assemelham a mãos unidas em oração— têm entre cem e quatrocentos anos de idade.

Hoje em dia só há vilas em estilo gassho em Toyama e na vizinha província de Gifu, cujo Shirakawa-go compartilha a lista da UNESCO de Gokayama. Ainokura e Suganuma são oportunidades raras e preciosas para experimentar um lado diferente da cultura japonesa.

A natureza e a cultura entrelaçadas

O charme de Gokayama está na mistura perfeita entre a natureza e a cultura da região. Ao contrário de muitos outros locais da UNESCO no Japão, aqui os prédios tradicionais não precisam competir com ambientes urbanos modernos. Em vez disso, o ambiente rural preserva a harmonia natural entre o campo e os prédios com telhados de palha que quase parecem ter brotado da terra.

A paisagem evoca uma época mais simples, preservada nos prédios resistentes e nas caminhadas tranquilas de Gokayama, hoje em dia parte apenas da memória cultural do Japão.

Não julgue um gassho-zukuri pela capa

Apreciar um gassho-zukuri vai além de admirar a aparência externa. Alguns dos prédios abrigam restaurantes e hospedarias, mantendo seu papel histórico como casas tradicionais de minka. Passe uma noite em Gokayama para se encantar com o antigo.

Andar pelas ruas é como visitar um museu ao ar livre, ficar em uma tradicional minka e provar iguarias locais aumenta ainda mais a experiência do velho mundo.

Sinta o calor

Mesmo que não passe a noite num dos prédios aproveite a oportunidade para conhecer por dentro. Vistos de dentro, os prédios gassho-zukuri revelam uma variedade de sutilezas inteligentes, tais como os sótãos abertos que serviam para o cultivo de bichos-da-seda. Mais do que isso, é possível perceber pessoalmente calor proporcionado pelo antigo interior de madeira.

Quando visitar

Ainokura e Suganuma ficam abertas o ano todo, das 9:00 da manhã às 17:00.

Às sextas-feiras e aos sábados de março, as noites de Suganuma exibem um evento de iluminação. Também há eventos similares em janeiro e fevereiro.

Ainokura recebe tais eventos várias vezes durante o ano.

Link de referência

Próximo Gokayama

gokayama Cultura
Toyama Gokayama
Suganuma Village História
Toyama Aldeia De Suganuma Toyama-ken
Ainokura História
Toyama Vilarejo Ainokura Toyama-ken

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages