HOME Back

Use the

Planning a Trip to Japan?

Share your travel photos with us by hashtagging your images with #visitjapanjp

Jomonsugi Jomonsugi

KAGOSHIMA Yakushima Um local natural do Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, Yakushima abriga árvores de mil anos, praias imaculadas e o maior local de aninhamento de tartarugas do Japão.

Um sítio do Patrimônio Mundial Natural da UNESCO, Yakushima abriga os cedros milenares de Yakushima, praias imaculadas e a melhor área de desova de tartarugas marinhas do Japão.

Yakushima é digno de lendas japonesas. Esta pequena ilha é o primeiro Patrimônio Mundial da UNESCO do país, a inspiração para o filme do Estúdio Ghibli "A princesa Mononoke" e abriga algumas das maravilhas naturais do Japão.

Não perca

  • Vá às cachoeiras - o clima úmido de Yakushima e seu terreno íngreme fazem com que tenha uma abundância de enormes cachoeiras
  • Visite as florestas ancestrais - Yakushima é o lar de yakusugi, árvores de cedro ancestrais, cujo mais antigo acredita-se ter 7.000 anos
  • Presencie a temporada das tartarugas marinhas - de maio a julho todos os anos, a praia de Nagata Inaka se torna uma das maiores áreas de desova de tartarugas do Japão

Como chegar

A apenas 60 quilômetros da ponta de Kagoshima, é possível chegar a Yakushima de avião ou balsa.

De Tóquio, pegue um avião do Aeroporto de Haneda para Kagoshima. O voo leva menos de duas horas. A partir dali, um voo de conexão para Yakushima leva apenas 40 minutos. Outra opção é pegar uma balsa do Porto de Kagoshima para Yakushima Miyanoura ou Porto Anobo. O passeio leva duas horas e meia na balsa de alta velocidade ou quatro horas na balsa de carro regular, e mais barata.

O isolamento é algo positivo

Não tão fácil de chegar quanto outras partes do Japão, Yakushima permaneceu relativamente intocada. Em 1993, a ilha foi registrada como Patrimônio Mundial da UNESCO. Sua costa intocada e suas águas cristalinas atraem turistas de todo o Japão, mas sua localização remota significa que a ilha nunca fica muito cheia de turistas.

 

 

Yakushima foi a primeira ilha inscrita do Japão na lista de Patrimônios Mundiais da Humanidade da UNESCO, ao lado de Shirakami Sanchi , em Tohoku.

Cerca de 90% da ilha é montanhosa e coberta por florestas. O ponto mais alto, o pico do Monte Miyanoura, é a montanha mais alta de Kyushu, com 1.936 metros.

Variação natural

Das praias de areia da ilha até os confins superiores de suas montanhas mais altas, Yakushima abriga uma variedade de microclimas que variam de subtropical a subártico. Essa variação resultou na presença de extraordinária biodiversidade. Com sua abundância de chuvas ao longo do ano, a ilha é coberta com florestas verdes exuberantes que abrigam muitas árvores yakusugi (cedros ancestrais), algumas das quais têm mais de 1.000 anos.

 

 

Atrações notáveis incluem a Ravina de Shiratani Unsuikyo , Yakusugi Land, e a Praia de Nagata Inaka. A Ravina de Shiratani Unsuikyo está cheia de belos vales e florestas primitivas, enquanto Yakusugi Land abriga uma coleção de enormes árvores yakusugi. E a Praia de Nagata Inaka é o maior local de aninhamento de tartarugas marinhas no Japão.

 

 

 

 

Uma árvore ancestral

A árvore Jomon Sugi está situada no meio da ilha, onde somente é possível chegar por meio de caminhadas de quatro a cinco horas. Afirma-se que o Jomon Sugi teria 7.000 anos de idade. A enorme árvore tem seu nome do Período Jomon da pré-história japonesa, e sua descoberta em 1966 despertou a conscientização sobre a necessidade de se proteger os valiosos recursos florestais.

 

 

 

 

A queda d'água

O terreno íngreme, altas elevações e abundância de chuvas fazem com que Yakushima muitas cachoeiras. A Cachoeira Okonotaki é uma cascata de 88 metros e um dos destaques de Yakushima. Em 1990 ela foi eleita uma das melhores cachoeiras do Japão. As Cachoeiras Senpironotaki, Torokinotaki e Janokuchi são algumas das outras cachoeiras famosas e de fácil acesso da ilha.

 

 

 

 

As maravilhas humanas

O Festival Yakushima Goshinzan é realizado no Rio Miyanoura e é um evento único com conexões ao culto do deus da montanha. As pessoas reunidas no local são borrifadas com água sagrada e rezam por saúde e segurança para a família. Em seguida, acende-se uma fogueira para dar as boas-vindas à divindades da montanha e um magnífico tambor taiko é dedicado às divindades.

Vamos dar a volta

Yakushima tem um grande anel rodoviário que percorre todo o caminho ao redor da ilha. Os ônibus passam regularmente ao longo desta rota, mas devido à localização remota de muitas das atrações da ilha, o transporte privado é recomendado para se locomover rapidamente. Há agências de locação perto do Porto de Miyanoura, do Porto de Awa e do Aeroporto de Yakushima.

As comidas locais

Yakushima produz a maioria de sua própria comida e tem várias especialidades. O carro-chefe entre elas é o peixe voador, que é um delicioso almoço ou jantar.

Muitas lojas vendem marmitas bentô enroladas em folhas de bambu, ecologicamente corretas.

Também vale a pena experimentar o shochu local. A marca mais famosa se chama Mitake e vem em variedades de 25% e 39% de álcool.



* As informações desta página podem estar sujeitas a alterações devido à COVID-19.

Recomendado para você

JOMC 20201027_sakurajima_13
Kagoshima
Amami Oshima
Ilhas Amami

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages