HOME Back

Use the

Planning a Trip to Japan?

Share your travel photos with us by hashtagging your images with #visitjapanjp

Izu Peninsula Izu Peninsula

SHIZUOKA Izu Peninsula Surfe de alto nível e praias de areia, resorts de serra, onsen cercados de natureza e costas escarpadas que valem a pena explorar

Surfe de alto nível e praias de areia, resorts de serra, onsen cercados de natureza e costas escarpadas que valem a pena explorar

A Península de Izu em Shizuoka é famosa por suas praias, seus onsen e esportes aquáticos. É também o lar de uma série de praias famosas e adoradas, como Atami, Ito e Shimoda . Cidades menores como Minami-Izu e Nishi-Izu também estão sendo mais procuradas. A península tem a vista do Monte Fuji ao noroeste e faz parte do Parque Nacional de Fuji-Hakone-Izu.

 

As montanhas e serras de Izu são um grande atrativo para praticantes de caminhada e amantes da natureza, e as opções de refeições incluem pratos feitos com ingredientes como javali selvagem e legumes de montanha. Essa região também desempenhou um papel significativo nas relações internacionais, na época em que o cônsul do consulado geral dos EUA negociou um tratado comercial no local, dando fim ao prolongado período de isolamento do Japão com o mundo exterior.

Não perca

  • Visite as cavernas de Dogashima em Nishi-Izu
  • Desfrute das águas cristalinas e das praias de areia branca de Shimoda
  • Viaje na Linha Ito e aprecie as vistas espetaculares da costa de Izu

Como chegar

A área de Izu fica a menos de 1 hora de Tóquio por trem-bala.

O JR Tokaido Shinkansen da Estação Tóquio leva 50 minutos para chegar à Estação Atami, a porta de entrada para Izu. Você também pode pegar o trem expresso limitado Odoriko a partir de Tóquio para Atami e outros trens mais lentos da Linha Tokaido. Use seu Japan Rail Pass se viajar em linhas da JR.

 

 

Começando sua viagem pelo leste

A cidade de Higashi-Izu tem várias áreas antigas de onsen, como Atami e Ito, com muitas pousadas conhecidas e algumas das melhores águas termais do país. O spa Inatori Onsen , conhecido pelo peixe alfonsim e pelas bonecas tsurushi hina, e o Atagawa Onsen, que foi descoberto pelo samurai Ota Doukan no século XV e proporciona alívio as inúmeros banhistas desde então. Os portos pesqueiros da área oferecem frutos do mar que estão entre os mais frescos do Japão.

 

 

De navios negros a areias brancas

Shimoda, cidade portuária localizada no pontal sul da Península de Izu, é o lugar histórico onde atracaram os navios pretos liderados pelo Comodoro Matthew Perry, dando início ao comércio com os Estados Unidos depois de um longo período de isolamento. O Templo Ryosenji , onde foi assinado o tratado, é localizado na Rua Perry, uma caminhada agradável pela cidade.

Embora Shimoda tenha uma história interessante, a cidade também é muito visitada por suas praias, como a Praia de Shirahama , Ohama, onde o surfe, a areia e os esportes aquáticos estão entre os melhores do Japão. Há também pensões à beira-mar, pousadas e hotéis por toda a cidade de Shimoda, alguns deles com águas termais.

 

 

Litorais acidentados

O pontal sul da Península de Izu, representado pelo Cabo Irozaki , oferece paisagens marítimas escarpadas, com litoral ondulado e penhascos abruptos. O farol do local oferece uma vista maravilhosa, e pode-se fazer um passeio de barco ao longo do cabo.

Seguindo para o interior das montanhas e florestas

As paisagens naturais do interior de Izu  também são cativantes, como as as verdejantes serras de Izu e o Monte Omuro , um vulcão extinto com formato disinto de tigela. O Monte Amagi, o ponto mais alto em Izu na verdade uma série de picos que valem a pena subir, inclusive o Monte Banjiro e o Monte Banzaburo. Essa área também tem uma bela cachoeira chamada Joren-no-Taki, com campos de wasabi, pesca de trutas e o Shuzenji Onsen .

Durante sua estadia no local, visite um dos vários jardins, museus de história ou galerias de arte da região, que contam com obras de Renoir e Picasso.

Ilhas intrigantes, a baía mais profunda do Japão e um cabo com um brilho dourado

 

O litoral sinuoso de Nishi-Izu é uma das formações geográficas mais fascinantes do Japão. A Costa de Dogashima , a partir de Sebama até o Cabo Ajo, é cheia de rochas e ilhotas com formatos inusitados, como Sanshirojima e Zojima.

O Dogashima Onsen, um resort de águas termais à beira-mar com várias pousadas e hotéis encantadores, tem dois fenômenos naturais próximos que valem a pena visitar. Um deles é conhecido como Tombolo. Pode-se caminhar do continente até a Ilha Sanshiro durante a maré baixa. A outra é uma caverna do mar com uma claraboia natural, que tem uma atmosfera tranquila e misteriosa.

Mais ao norte na costa fica Toi, com uma mina de ouro, belas praias e seus próprios onsen. A costa oeste de Izu fica de frente para a Baía de Suruga, um dos maiores tesouros de frutos do mar do país. Experimente o sakura ebi, ou camarão cereja, uma iguaria típica do local.

 

 

Rumo ao símbolo do Japão, o Monte Fuji

Izu é um famoso destino de passeio de um dia para quem está em Tóquio, mas são necessários pelo menos alguns dias para aproveitá-lo ao máximo. Se estiver hospedado perto de Atami, por que não visitar a montanha mais emblemática do Japão? O Monte Fuji  é visível da Península de Izu, mas nada se compara a vê-lo de perto.



* As informações desta página podem estar sujeitas a alterações devido à COVID-19.

Recomendado para você

Irozaki Cape
Cabo Irozaki
Dogashima Coast
Costa Dogashima

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages