Use a ícone nas páginas para adicionar aos favoritos

Planejando uma viagem ao Japão?

Compartilhe suas fotos de viagem conosco usando a hashtag #visitjapanjp nas suas imagens

Meus favoritos

mito area mito area

GUIA Japão em março

O recomeço com a chegada da primavera

Com o fim do auge do inverno, a paisagem está pronta para um recomeço com a chegada da primavera no Japão. As flores de ameixa continuam a florescer nas regiões central e mais ao norte do Japão. O festival Hinamatsuri, ou Dia das Meninas do Japão, é realizado em todo o país em 3 de março e as flores de cerejeira começam a florescer em Tóquio e em outros locais mais quentes, anunciando o início propriamente dito da primavera.

Embora o clima em março seja significativamente mais quente e mais parecido com a primavera do que fevereiro, as temperaturas podem cair de repente. Pode-se ainda praticar esqui e snowboard na maioria dos resorts e os passeios sob o clima quente da primavera são uma opção popular para aproveitar alguns dos dias mais frios.

Saiba antes de visitar

  • As temperaturas variam bastante em março.
  • Ainda é possível praticar esportes de inverno, porém, esteja preparado para a primavera que se aproxima.
  • Março é a época favorita das excursões escolares. As principais regiões, como Quioto, Nara e Hiroshima costumam ficar bastante movimentadas.
  • A temporada das flores de cerejeira começa em regiões mais ao sul do Japão e em locais mais quentes, como Tóquio, no final de março.

Neve de primavera

A temporada de esportes de inverno ainda continua bastante ativa em algumas regiões de esqui do Japão. Os principais resorts, como o Niseko e o Shiga Kogen funcionam até a primeira semana de maio, porém, com cada vez menos neve.

O esqui de primavera se beneficia de temperaturas mais quentes e suas pistas ficam relativamente vazias em comparação com o inverno. Em regiões de altitudes mais elevadas, às vezes, ocorrem quedas de neve repentinas, embora a probabilidade de chuva seja maior. Verifique a previsão do tempo em sua região para checar a viabilidade de esquiar no dia.

Curtindo a estação

Com temperaturas mais amenas e dias um pouco mais longos, março fica mais movimentado com o aumento dos passeios de duração de um dia e de um fim de semana. Entre os destinos mais procurados estão Quioto , Nara e Hiroshima , além dos resorts de águas termais das regiões rurais. Gero Onsen é um resort bem-conceituado, acessível a partir de Nagoya , com possibilidade de incluir um passeio a Takayama e a Shirakawa-go .

Gero Onsen: um passeio divertido saindo de Nagoya.

O luxuoso desfile de Hinamatsuri

Tal e qual acontece com muitos feriados japoneses, a maioria das pessoas vivenciam o Hinamatsuri em um ambiente familiar, inacessível aos visitantes de curto prazo. No entanto, por volta de 3 de março, vários santuários e templos em todo o país celebram as comemorações de Hinamatsuri para o público em geral.

No evento Nagashibina em Shimogamo-jinja , Quioto , você paga uma pequena taxa e participa o antigo costume de colocar bonecos de palha à deriva no rio. Em outras partes de Quioto, as festividades do santuário Ichihime-jinja apresentam ao vivo jogos praticados na corte real do períod Heian (794-1185), interpretados por artistas em trajes típicos da época. Por fim, o Templo Hokyoji abre sua vasta coleção de bonecas para exibição pública de 1 a 3 de março.

Nagashibina – um costume antigo praticado até hoje.

Fogo, luz, vitalidade

Luz e cor se destacam nas comemorações de março nas quais a iluminação noturna é um elemento comum dos festivais em Kansai. O distrito de Higashiyama em Quioto realiza o Festival de Hanatoro (de 9 a 18 de março) no qual milhares de lanternas iluminam um percurso que vai de Shorenin até o Templo Kiyomizudera . Durante esse período, vários templos ao longo do percurso ficam abertos até mais tarde a fim de exibirem suas iluminações luxuosas aos visitantes.

Cena do Festival de Hanatoro.

O evento Omizutori é sempre realizado no dia 12 de março em Nigatsudo, um segundo prédio do Templo de Todaiji em Nara . Após meses de preparação, sacerdotes especialmente escolhidos para o evento realizam o ritual de tirar água de um poço sagrado enquanto outros agitam enormes tochas no terraço para afastar os maus espíritos. O evento completo marca o clímax do Festival Shunie de 1.250 anos (de 1 a 14 de março).

O clímax escaldante do evento Omizutori.

Sumô de primavera

Se você estiver em Kansai, aproveite um generoso período de duas semanas para acompanhar o Grande Torneiro de Sumô de março na Edion Arena em Osaka . Recomenda-se reservar os ingressos com antecedência, pois apenas uma pequena quantidade de ingressos é coloca à venda no dia da competição. Para informações sobre horários e reservas, consulte o seguinte link: http://www.sumo.or.jp/EnTicket/.

Um sinal precoce da primavera

Menos famosas e numerosas do que as flores de cerejeira, as flores de ameixa também são adoradas no Japão e um símbolo do início da primavera. Geralmente, a temporada começa em fevereiro e dura até março, com datas variando de acordo com a região. A temporada das flores de ameixa no famoso Jardim Kairakuen em Ibaraki começa no final de fevereiro e termina em meados de março. A temporada no Parque Bairin na província de Gifu se estende pelo mês de março e tem seu auge por volta do meio do mês.

Ameixeiras em flor no Jardim Kairakuen.

Início da temporada de floração da cerejeira

As regiões mais quentes do Japão começam a dar as boas-vindas às flores de cerejeira no final de março e, geralmente, pode-se apreciá-las em Tóquio até os últimos dez dias do mês. Outras cidades grandes, como Quioto , Osaka , Nagoya e Fukuoka seguem o mesmo calendário, variando de ano a ano. Enquanto a temporada de floração da cerejeira é curta em locais específicos ela se estende até abril e o início de maio em todo o país. Acesse o link a seguir para consultar um guia útil com os períodos do auge do florescer da cerejeira em todo o Japão: https://www.jnto.go.jp/sakura/eng/index.php.

Cerejeira em flor na capital.



* As informações desta página podem estar sujeitas a alterações devido à COVID-19.

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages