HOME Back

Use the

Planning a Trip to Japan?

Share your travel photos with us by hashtagging your images with #visitjapanjp

Um dos três jardins mais famosos do Japão

O Jardim Kenrokuen é o principal destaque de Kanazawa e tem uma história longa e célebre. O jardim foi criado ao longo de vários séculos pela família Maeda e atualmente é um dos melhores exemplos de paisagismo de jardim para passear no Japão. O jardim sempre tem algo a oferecer, não importa a estação do ano.

"Kenrokuen" significa "jardim que combina seis características". Essas seis características são amplitude, reclusão, arte, antiguidade, fontes de água e vistas magníficas. Não são todos os jardins do Japão que conseguem combinar todas essas características, mas os Kenrokuen conseguem.

Não perca

  • O chafariz acionado de forma natural abaixo da Lagoa de Kasumigaike, que atinge 3,5 metros de altura
  • A Casa de Campo Seisonkaku por seus dois estilos distintos de arquitetura japonesa
  • O Farol de Kotojitoro, símbolo do jardim, famoso por sua estrutura de dois pilares

Como chegar

Kenrokuen é facilmente acessível de ônibus a partir da Estação Kanazawa.

O trajeto leva 20 minutos e a passagem custa 200 ienes. Para quem tem o passe de trem JR, outra opção é usá-lo para pegar os ônibus JR para Korinbo. O jardim fica numa localização central para várias das atrações principais de Kanazawa.

 

 

A evolução do jardim

Kenrokuen já foi um jardim particular pertencente à família Maeda, que reinou durante o domínio Kaga, no Castelo de Kanazawa . A família Maeda foi uma das mais poderosas do país no período feudal, depois da família shogun. A construção começou em 1676 com um jardim paisagístico chamado Renchitei e ele continuou evoluindo por mais de três séculos.

Em 1822, o jardim recebeu o nome atual e, em 1874, foi aberto ao público.

Vivencie a atenção plena dos tempos dos samurais

Todas as características de um jardim japonês tradicional estão presentes ali: lagos, faróis de pedra, cascatas, caminhos de pedra, pontes, riachos, casas de chá e colinas artificiais. Nesse ambiente natural, é fácil passar pelo menos algumas horas apreciando o entorno tranquilo, concebido para práticas meditativas durante a era feudal.

 

 

Aprecie Kenrokuen em qualquer época do ano

As ameixeiras e cerejeiras florescem na primavera e há uma grande variedade de flores para se ver no verão, como as azaleias. No outono, o jardim ganha vida com as folhas de bordo japonês, resplandecendo em seu vermelho intenso. A palavra "momijigari" refere-se à procura da paisagem desses bordos incríveis e esse jardim é o local perfeito para vê-los. No inverno, os pinheiros cobertos de neve, ao longo da lagoa, proporcionam uma paisagem romântica. As árvores também são iluminadas por um breve período em janeiro e fevereiro.

 

 

Yukitsuri

Árvores com pendentes

Você vai notar que os pinheiros do Japão, durante o inverno, têm aparência de um guarda-chuva de cordas penduradas em um poste acima deles, que descem até os galhos mais baixos. Essa distribuição cônica de cordas, denominada yukizuri, serve para apoiar os galhos das árvores e, com isso, evitar que se quebrem com o peso das fortes tempestades de neve no inverno. Afinal de contas, trata-se de árvores bem antigas, especialmente o famoso pinheiro de 200 anos de Kenrokuen. A colocação do yukizuri começa no dia 1º de novembro e permanece no local até 15 de março, aproximadamente.

Uma magnífica casa de campo tradicional japonesa

Na ponta sudeste do jardim, você vai encontrar uma casa de campo construída em 1863 pelo Lorde Nariyasu Maeda, para ser um confortável retiro para a mãe dele. A imensa estrutura de dois andares foi construída em dois estilos arquitetônicos. O andar principal foi construído em estilo buke-shoin, um ambiente formal destinado a receber convidados, e a estrutura do segundo andar é chamada de sukiya-shoin, exibindo as cores vermelha, azul e roxa, que proporcionam um ambiente mais descontraído e relaxante.

A Casa de Campo Seisonkaku também funciona como museu, exibindo bonecas, quimono e quadros.

Os arredores de Kenrokuen

O jardim é interligado ao Castelo de Kanazawa . Basta atravessar a ponte ao sair do portão de Ishikawa Do lado de fora do portão do jardim de Katsurazaka, a rua para pedestres é repleta de pequenos restaurantes e cafeterias que servem almoço casual, chá e sorvete folheado a ouro. Kanazawa é responsável por 99% de toda a produção doméstica de folhas de ouro. Diversas cafeterias, lojas e até museus oferecem folhas de ouro em várias formas. A presença massiva de artes e trabalhos manuais em Kanazawa é reflexo do poder e da riqueza da família Maeda e de seu compromisso com as artes.

Há vários museus próximos para ir a pé, dentre eles o Museu de Arte Contemporânea do Século XXI e o Museu de Arte da Província de Ishikawa , assim como locais para explorar e saber mais sobre várias expressões da cultura japonesa, como o Centro de Quimonos de Kaga Yuzen e o Museu Kanazawa Noh.



* As informações desta página podem estar sujeitas a alterações devido à COVID-19.

Recomendado para você

Kanazawa Castle
Castelo de Kanazawa
kanazawa castle
Kanazawa

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages