Use a ícone nas páginas para adicionar aos favoritos

Planejando uma viagem ao Japão?

Compartilhe suas fotos de viagem conosco usando a hashtag #visitjapanjp nas suas imagens

Meus favoritos

Santuário Meiji-jingu 明治神宮

Meiji-jingu Shrine Meiji-jingu Shrine
Meiji-jingu Shrine Meiji-jingu Shrine

Onde a rica história e a cultura pop moderna de Tóquio se encontram

Cercado por uma exuberante floresta verde bem no coração de Tóquio , este santuário xintoísta é dedicado ao imperador Meiji (1852-1912) e à Imperatriz Shoken, os primeiros imperador e imperatriz do Japão moderno.

Meiji-jingu deve ser uma prioridade entre seus primeiros passeios em Tóquio, já que qualquer passeio à movimentada área de Shibuya ou Harajuku combina bem com uma caminhada tranquila pelos caminhos bem marcados até o portão frontal do santuário.

Não perca

  • A Casa do Tesouro de Meiji-jingu, cheia de antiguidades reais e artefatos do passado da região
  • O tradicional Inner Garden, um "ponto de energia" oculto
  • O Grande Festival da Primavera do santuário, realizado de final de abril a início de maio

Como chegar

Meiji-jingu está localizado ao lado da Estação Harajuku e da Estação Meiji-jingumae.

De JR, pegue a Linha Yamanote até a Estação Harajuku. De metrô, pegue as linhas Chiyoda ou Fukutoshin até Meiji-jingumae. O santuário fica a 10 minutos a pé de ambas.

Informações gerais

O santuário celebrará seu 100º aniversário em 2020, bem a tempo para as Olimpíadas de Tóquio

Há mais de 120 mil árvores na floresta próxima a Meiji Jingu e ao Parque de Yoyogi

Quase um século de história

O santuário foi construído em 1920 como um memorial aos primeiros governantes reais do país, o Imperador Meiji e a Imperatriz Shoken.

Um dos primeiros proponentes das ideologias que viriam a definir Tóquio, o Imperador Meiji revolucionou o Japão moderno ao pressionar por uma sociedade mais ocidentalizada, levando a nação a construir relações com algumas das grandes potências mundiais. Assim como muitos outros locais importantes em Tóquio , os edifícios do santuário foram destruídos durante a Segunda Guerra Mundial, mas reconstruídos após uma campanha pública de captação de recursos.

Caminhe para fora da cidade e em meio à natureza

Ao passar pela Estação Harajuku, você será levado à floresta por um caminho sinuoso até os principais terrenos do santuário. A curta caminhada até os portões frontais é protegida por árvores imponentes que bloqueiam a visão e os sons da cidade.

Passando sob o portão de torii que marca o começo do terreno do santuário, você duvidará que está no meio de uma das cidades mais movimentadas do mundo. Existem mais de 100.000 árvores que compõem esta floresta tranquila que abrangem uma ampla variedade de espécies doadas de vários lugares do Japão.

Participe das tradições do santuário

No meio desta floresta urbana está o complexo principal de Meiji-jingu. Se você acabou de chegar em Tóquio , este é um ótimo destino para fazer sua primeira visita a um santuário, com muitas placas em inglês que auxiliam você a participar de rituais xintoístas tradicionais, a fazer oferendas e orar no salão principal, escrever seus desejos em um amuleto ema e comprar um amuleto da sorte ou de proteção.

Além do salão principal, há uma série de outros edifícios históricos importantes que você pode explorar, como a Casa do Tesouro Meiji, no extremo norte da área. Inaugurada um ano após o santuário, a Casa do Tesouro abriga artefatos históricos e pertences do imperador e da imperatriz.

O "ponto de energia"

Em direção ao extremo sul da área do santuário, está o expansivo Inner Garden, uma parte frequentemente ignorada, mas importante, do santuário. Os jardins de íris daqui eram frequentemente visitados pelo imperador e pela imperatriz, e uma das razões pelas quais Meiji-jingu foi aqui construído.

Embora seja necessário pagar uma taxa de entrada, o jardim é um belo labirinto de passeios pela deslumbrante floresta e tradicionais canteiros de flores de íris e conta com uma clássica casa de chá japonesa. O Poço de Kiyomasa, batizado com o nome do comandante militar que o escavou há 400 anos, é considerado um "ponto de energia", um local onde as pessoas visitam para receber energia positiva e restauradora.

Um centro de festivais e de eventos

Dada a sua localização central e sua rica história, o recinto do Santuário Meiji-jingu acolhe diversos festivais diferentes ao longo do ano.

Os festivais começam no dia de Ano Novo com Nikku-sai, quando quase três milhões de visitantes vêm ao local na esperança de um ano de boa sorte, até o ritual de fim de ano Joya-sai em 31 de dezembro, e há quase sempre alguma coisa acontecendo no santuário.

No entanto, se você estiver em Tóquio no final de abril e início de maio, não deixe de vir para o Grande Festival da Primavera, com incríveis espetáculos de música e de danças cerimoniais. Se não houver um festival, há uma boa chance de estar acontecendo um casamento tradicional xintoísta em Meiji-jingu, então fique atento para ter a oportunidade de acompanhar a procissão.

Além disso, o Parque Yoyogi, ali perto, também é palco de uma variedade de festivais modernos, feiras de alimentos e apresentações durante todo o ano.



* As informações desta página podem estar sujeitas a alterações devido à COVID-19.

Próximo Santuário Meiji-jingu

Meiji-jingu Shrine História
1. Santuário Meiji-Jingu
Yoyogi Park Natureza
2. Parque Yoyogi
Kokuritsu Nogakudo -National Noh Theater Cultura
3. Teatro Nacional De Noh
NHK Studio Park Atração
4. Parque Dos Estúdios Nhk
Harajuku & Omotesando & Aoyama Area Compras
5. Harajuku
Atração
6. Bar New York

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages