Use a ícone nas páginas para adicionar aos favoritos

Planejando uma viagem ao Japão?

Compartilhe suas fotos de viagem conosco usando a hashtag #visitjapanjp nas suas imagens

Meus favoritos

A primeira cabeça de ponte da era moderna do Oeste no Japão agora é um refúgio exclusivo de sol, surfe e areia.

Shimoda é uma estância balneária situada na ponta sudeste da Península de Izu . A natureza serena dessa cidade praiana camufla o fato de que quando o diplomata americano Townsend Harris negociou um tratado comercial ali, em 1858, de maneira efetiva, ele deu fim aos séculos de isolamento autoimposto do Japão, que então se abriu para o comércio com o Ocidente e levou ao fim o domínio samurai.

Mas o que atrai as pessoas para Shimoda hoje em dia é diversão e sol. Os surfistas se reúnem aqui para pegar ondas nos longos trechos de praia em Shirahama , Kisami Ohama e Iritahama, além de enseadas mais isoladas como Tatadohama. A areia é macia, branca e limpíssima, e as ondas às vezes quebram de forma estável e às vezes se transformam em grandes tubos desafiadores. Shimoda também é excelente para passeios em família.

Os mergulhadores experientes vão gostar de Mikimoto, uma ilha perto de Shimoda, por seus coloridos corais e várias criaturas grandes, como tubarões, atuns e arraias.

Não perca

  • As praias de areia branca e surfe em Shirahama
  • Explore as opções de diversão noturna ao longo da Perry Road
  • Nade com os golfinhos no Aquário Flutuante de Shimoda

Como chegar

Pode-se chegar à Shimoda de trem e de carro. Partindo de Tóquio, o acesso é por Tokaido Shinkansen ou outros trens JR.

Shimoda está diretamente conectada à Tóquio pelos trens Odoriko do expresso limitado JR. Você também pode pegar o Tokaido Shinkansen para a Estação Atami e fazer baldeação para o expresso limitado Odoriko ou para um trem local na Ferrovia Izukyu. Desça na Estação Izukyu-Shimoda, a última estação da Ferrovia Izukyu.

Informações gerais

Há um passeio turístico em um navio negro que dá uma volta pelo porto

O vizinho Templo Ryosenji abriga vários artigos que pertenciam ao Comodoro Perry

Este é o lugar onde o duradouro isolamento entre o Japão e o mundo exterior terminou

Para uma perspectiva mais elevada

O teleférico de Shimoda sobe até o pico do Monte Nesugata, que tem plataformas de observação da cidade, do Cabo Suzaki e do Pacífico.

Veja a vida marinha de perto e faça uma imersão nas relaxantes águas termais quentes

O Aquário Flutuante de Shimoda fica nas águas da Baía de Wakanoura, ao sul do teleférico, e abriga mais de 200 espécies de peixes. O aquário proporciona a oportunidade de tocar em golfinhos e até passear de caiaque e praticar snorkel ao lado deles. O imenso Parque Shimoda fica bem próximo do aquário, em direção à terra firme. As trilhas arborizadas que levam a ele se estendem ao longo da baía.

Embora o aquário e o parque sejam muito agradáveis, o que mais atrai a maioria dos visitantes de Shimoda são as praias e as baías. A areia branca e o mar azul cristalino são, naturalmente, os principais componentes. Para quem gosta de esportes, o local no final da península é provavelmente ainda mais importante. A baía protegida fica diretamente adjacente ao mar aberto do Oceano Pacífico. Isso traz uma grande variedade de peixes e correntes marítimas que propiciam inspiração e desafios para ávidos pescadores, velejadores, surfistas e mergulhadores. Shimoda é também um ponto de encontro para jogadores de voleibol de praia.

A vida na rua do comodoro

Perry Road, cujo nome é uma homenagem ao Comodoro Matthew Perry, que comandou os navios negros que forçaram a abertura das portas do Japão, é o ponto central de entretenimento e diversão noturna de Shimoda. As opções de esportes, o encanto das praias e a atmosfera internacional e informal de Shimoda a tornaram um chamariz para jovens e os jovens de espírito. Muitos "residentes" de Shimoda moram e trabalham em Tóquio e Yokohama durante a semana e retornam para lá todos os fins de semana.

Essa subcultura resultou em uma explosão de restaurantes, bares, butiques e cafeterias que se enfileiram na Perry Road e na área ao redor do píer. A rua leva ao Ryosenji , o templo em que Perry e os representantes do xogunato Tokugawa assinaram o tratado.

O Templo Ryosenji é um pequeno templo budista, sem muitas características distintas em comparação a tantos templos magníficos do Japão. Mas foi ali que o Tratado Harris foi assinado, razão pela qual a área do templo e o salão principal foram designados como Local Histórico Nacional pelo governo japonês. O pequeno museu dentro do templo exibe uma série de artefatos relacionados ao Comodoro Perry, aos navios negros e ao contato entre o Japão e o Ocidente.

Uma maravilha de onsen com opções de agradáveis termas internas e ao ar livre.

A onsen Shimokamo de Minami-Izu é uma estância termal que oferece banhos de imersão revigorantes em várias hospedarias, inclusive uma chamada Hana no Omotenashi Nanraku com 25 piscinas diferentes. As águas ali são salgadas e boas para tratar a pele e problemas intestinais.

Há termas internas e ao ar livre e é possível caminhar ao longo do Rio Aono no fim do inverno e início da primavera para ver flores. Outro atrativo é o exuberante jardim tropical. Os ônibus para lá saem da Estação Shimoda e o trajeto dura 15 minutos.

Locomovendo-se pela cidade

Estar de carro é fundamental para aproveitar ao máximo Shimoda e seus arredores. Caso contrário, será necessário caminhar ou pedalar bastante, ou gastar uma quantia considerável em táxis e esperar por ônibus. O transporte público de Shimoda não é um de seus pontos fortes. Se estiver carregando equipamentos ou bagagem extra, como fazem muitos surfistas, mergulhadores e banhistas, o carro se faz ainda mais necessário.

Há várias locadoras de carros na área de Shimoda. Porém, em períodos de pico, durante o verão e feriados importantes - Ano Novo, Semana Dourada e Obon - a disponibilidade é extremamente limitada. É melhor alugar um carro em Yokohama ou Tóquio, ou em uma das estações principais ao longo do caminho.

Estar de carro é especialmente útil se você quiser usar Shimoda como base para explorar a Península de Izu . Izu é um famoso destino turístico entre os fãs dos onsen, caminhantes, ciclistas, pescadores, velejadores, surfistas, nadadores e banhistas.

Palavras-chave

Próximo Shimoda

Shimoda Area Natureza
Shimoda Shimoda-shi, Shizuoka-ken
Ryosen-ji Temple História
Templo Ryosenji Shimoda-shi, Shizuoka-ken
História
Museu De História De Shimoda Shimoda-shi, Shizuoka-ken
izu & around Natureza
Parque Shimoda Shimoda-shi, Shizuoka-ken
shimodatokyuhotel Estadia De Luxo
Shimoda Tokyu Hotel
Gyokusen-ji Temple História
Templo Gyokusenji Shimoda-shi, Shizuoka-ken

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages