Use a ícone nas páginas para adicionar aos favoritos

Planejando uma viagem ao Japão?

Compartilhe suas fotos de viagem conosco usando a hashtag #visitjapanjp nas suas imagens

Meus favoritos

O verdadeiro norte dos Alpes do Japão

O Tateyama e o Tsurugi, os dois principais picos da Cadeia de Montanhas de Tateyama, formam um cenário magnífico ao leste da Província de Toyama .

Estendendo-se como uma lâmina de serra dentada, a Cadeia de montanhas de Tateyama pode ser escalada por viajantes com a coragem de enfrentá-la.

Não perca

  • O famoso santuário na montanha de Oyama no topo de Tateyama
  • Uma caminhada de dois dias até o pico do lendário Monte Tsurugi
  • Uma jornada épica de uma semana de Tateyama até Kamikochi: o mais célebre curso montanhoso do Japão

Como chegar

A maioria das pessoas acessa os principais picos Tateyama de Murodo através da Rota alpina de Tateyama Kurobe. Você pode embarcar a partir de quaisquer lados da rota, com a Estação Tateyama no lado da Província de Toyama ou Ogizawa (Cidade de Omachi) na vizinha Província de Nagano

De Toyama, viaje a partir de Toyama Densetsu até Murodo. Da estação de Omachi, vá até a Estação Ogizawa e, então, prossiga até Murodo através da Rota Alpina.

Geografia

A seção mais setentrional da Cadeia de Montanhas Hida do Japão (ou "Alpes Setentrionais do Japão") se divide em dois segmentos com a Barragem de Kurobe no vale entre eles.

A leste, a Cadeia de montanhas de Ushiro Tateyama faz fronteira com a Província de Nagano e abriga as famosas estações de esqui de Hakuba. A oeste, a Cadeia de Montanhas de Tateyama se encontra inteiramente em Toyama e é mais central para a identidade da província.

De longe o mais deslumbrante dos picos, Tsurugi está assentado soberanamente no centro como uma joia majestosa em uma coroa. Ao sul do Tsurugi, os contornos mais suaves do Tateyama contradizem o fato de que ele é o mais alto dos dois. Como grandes picos nas Montanhas Hida, Tateyama e Tsurugi também estão entre os pontos de destaque do Parque Nacional Chubu Sangaku.

A montanha sagrada de Toyama

Ainda que geralmente nos referimos a uma única montanha, o Tateyama possui três picos, e o mais conhecido (Oyama) é somente o segundo mais alto entre eles. Juntamente com as montanhas Fuji e Hakusan, o Tateyama reivindica o título de uma das três montanhas sagradas do país.

Conta a lenda que um caçador do século VIII perseguiu um urso ferido até Murodo apenas para vê-lo se transformar em um Buda dourado. Depois disso, o caçador se tornou um padre, encarregado de cuidar deste novo lugar sagrado. Hoje em dia, o santuário de Oyama, situado no pico da montanha, é uma das suas principais atrações.

A localização adequada e ascensão relativamente fácil fazem que o Tateyama seja muito popular durante os meses mais quentes. É possível que as multidões sejam um obstáculo maior para que se chegue ao topo do que eventuais dificuldades encontradas no curso. Portanto, considere se hospedar em um chalé ou hotel de montanha para interromper sua viagem e relaxar os músculos cansados. Teoricamente, você pode concluir essa jornada em um dia, mas o tempo poderia ser curto.

O mais elevado entre eles

O Tsurugi foi o último pico importante no Japão a ser escalado. As autoridades do Departamento de Levantamento Topográfico do Japão demoraram até 1906 para chegar ao topo da montanha, fracassando várias vezes, o que aumentou a sua fama de perigo.

Eles acreditavam que seriam os primeiros a escalá-lo, mas, ao chegar ao topo, encontraram uma espada e um bastão que datavam de antes do século XII. O mistério de como esses itens chegaram lá continua sem solução.

Nos locais em que o Tateyama oferece caminhadas fáceis e perigo mínimo, o Tsurugi faz exatamente o contrário. Ele evita a etiqueta de "escalada técnica", mas apenas por ter uma rede de correntes e escadas em bom estado de manutenção, o que reduz a necessidade de utilizar cordas e outros equipamentos de escalada. Embora possua uma corrente resistente para agarrar, ainda assim você vai se ver contornando serras desprotegidas com precipícios abaixo.

A maior parte das tentativas de escalar o Tsurugi começa em Murodo, onde você pode partir a pé até o chalé de montanha Kenzanso. Este alojamento, que opera de julho a meados de outubro, é o ponto de parada ideal depois de uma caminhada de 10 a 12 horas. Se começar cedo (digamos, às 4h30min da madrugada), você poderá regressar à Murodo na mesma tarde para pegar o último ônibus de volta à civilização.

De Tateyama até Kamikochi

A caminhada de seis a sete dias de Tateyama até Kamikochi (ou o contrário) é uma das mais importantes caminhadas do Japão.

Depois de chegar de Murodo, vá para o leste até o Monte Tateyama e mais adiante. A partir daí, o planejamento básico da caminhada é o seguinte:

Primeiro dia: Murodo até Goshikigahara, de 6 a 7 horas, e você poderá escalar o Monte Tateyama durante o percurso se o tempo ajudar.

Segundo dia: De Goshikigahara até Yakushidake Sanso, de 8 a 10 horas e a oportunidade de tirar outra famosa montanha da sua lista de lugares a visitar, a Yakushidake.

Terceiro dia: De Yakushidake Sanso a Kurobegoro Goya, de 6 a 8 horas, inclui ainda outra famosa montanha, a Kurobegorodake.

Quarto dia: Do Kurobegoro Goya ao Monte Yarigatake, de 8 a 10 horas, terminando em outro pico icônico do Japão.

Quinto dia e sexto dia: Do Monte Yarigatake ao Hotakadake Sanso até Kamikochi, de 11 a 15 horas, a excursão de múltiplos picos mais badalada do Japão. Principiantes, cuidado! As coisas ficam realmente perigosas ao atravessar o Daikiretto.

Quando ir

Todos esses caminhadas acontecem de julho a meados de outubro. Os excursionistas experientes e bem equipados podem optar por escalar o Tateyama já no final de abril, após a abertura da Rota Alpina. Os crampons são equipamentos necessários; recomenda-se o uso de machados para gelo e não economizar nos gastos com roupas de inverno. Os excursionistas ocasionais devem planejar uma caminhada de julho a meados de outubro.

O Tsurugi segue as mesmas regras que o Toyama com a ressalva de que a caminhada no início da primavera é muito mais perigosa na montanha mais árdua.

Recomenda-se fazer a caminhada do Tateyama até o Kamikochi entre meados de julho e meados de outubro. No início da temporada, a neve residual suscita problemas para aqueles que estão menos equipados e algumas cabanas não estarão abertas, o que desencoraja os excursionistas amadores.

Palavras-chave

Próximo Cadeia de montanhas de Tateyama

The Tateyama Range Natureza
Cadeia De Montanhas De Tateyama Toyama-ken
tateyama & kurobe Natureza
Murodo Nakaniikawa-gun, Toyama-ken
Tateyama Snow Corridor Atração
Corredor De Neve De Tateyama Nakaniikawa-gun, Toyama-ken
Kurobe Dam Atração
Barragem De Kurobe Nakaniikawa-gun, Toyama-ken
tateyama kurobe alpine route -nagano Atração
Rota Alpina De Tateyama Kurobe (Nagano) Toyama-ken
Tateyama Snow Corridor Atração
Rota Alpina De Tateyama Kurobe (Toyama) Nakaniikawa-gun, Toyama-ken

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages