Use a ícone nas páginas para adicionar aos favoritos

Planejando uma viagem ao Japão?

Compartilhe suas fotos de viagem conosco usando a hashtag #visitjapanjp nas suas imagens

Meus favoritos

Templo Honpukuji– Templo da Água (Mizumido) 本福寺水御堂

Hyogo491_main Hyogo491_main
Hyogo491_main Hyogo491_main

Reflexões sobre uma visão do paraíso

Não há outro lugar sagrado como este no Japão ou talvez nem mesmo no mundo.

Em 1991, o renomado arquiteto Tadao Ando foi convidado para reconstruir o salão principal do Templo Honpukuji, um dos santuários mais importantes e especiais da escola Omuro da seita Shingon, que data do ano 815, no final do período Heian.

Ando fez o impensável. Em vez de seguir a tradição, ele projetou uma gigantesca construção de concreto com um enorme lago de águas espelhadas no topo do salão principal. Devidamente chamada "Templo da Água”, a construção é totalmente diferente de outros templos Shingon-Omuro no Japão, tais como o Templo Ninnaji em Quioto .

Cercado pelas colinas de vegetação exuberante da Ilha Awaji , com vista para a Baía de Osaka, o prédio principal do templo Honpukuji possui uma estrutura de labirinto extraordinária que preserva e protege uma estátua do Buda Amida. Entrar nesse templo é como viajar por um reino espiritual. Mais do que apenas um prédio, o Templo da Água é uma experiência sensorial como nenhuma outra, em um local de beleza natural incomparável.

Não perca

  • Visite o Templo budista moderno projetado pelo arquiteto de renome mundial Tadao Ando
  • Confira essa construção incrivelmente localizada abaixo de um enorme lago de águas espelhadas com lírios e lótus sagrados
  • Aproveite o pôr do sol no santuário e as flores na primavera, no verão e no outono

Como chegar

A estação mais próxima do Templo Honpukuji é a estação Sannomiya, na Linha JR Kobe.

A partir da Estação JR Sannomiya, você pode pegar o ônibus Awaji Loop. Esse ônibus tem um itinerário circular pelo norte da ilha. Desembarque na parada Tateishikawa. O Templo Honpukuji fica a 10 minutos a pé dessa parada.

Um paraíso insular

A Ilha Awaji é a maior ilha do Mar Interior de Seto, com uma área de 592,17 quilômetros quadrados. A Ilha Awaji é um ponto de circulação entre as ilhas Honshu e Shikoku e o seu nome significa “a estrada para Awa”. Atualmente parte da Província de Tokushima , Awa era a província histórica na divisa do lado Shikoku do Estreito de Naruto, que é famoso por seus redemoinhos gigantes.

Pode-se chegar ao Templo Honpukuji – a visão de paraíso do arquiteto Ando, também conhecido como Templo da Água – por uma trilha íngreme que atravessa o complexo original do templo e o cemitério. No topo, os visitantes percorrem por um caminho de cascalho branco entre duas paredes de concreto polido de 3 metros de altura que leva a um grande lago elíptico – uma marca frequente do trabalho de Ando – que reflete e espelha as montanhas, as folhagens e o céu da área ao seu redor. Atravessando o lago de águas espelhadas há uma escada que leva ao salão do templo sob a água.

Considera-se que nesse projeto, Ando basicamente inverteu a ascensão convencional ao local santo, usando vários espaços concebidos como um rosário para a entrada ao paraíso. A descida entre lírios e flores de lótus flutuantes – um símbolo do paraíso – provoca a sensação de que esse é um espaço que transcende o comum, um local no qual arquitetura e natureza se desmancham no espelho de águas tranquilas, levando à meditação e ao ascetismo.

Um espaço secreto

O mero ato de descer uma escada de concreto é geralmente mundano, mas não quando atravessa um lago enorme de águas espelhadas e adornado com lírios e flores de lótus. A descida conduz o visitante a uma escuridão momentânea, abaixo da água, como se estivesse em um sonho. Através de corredores sinuosos, o visitante emerge no espaço sagrado do templo budista. Não se chega ao santuário imediatamente. Há uma sensação de busca pela verdade oculta em um caminho secreto ao Local de Adoração.

A cor vermelha escura invade o interior do Templo Honpukuji em contraste com o exterior monocromático, reforçando a noção da distinção entre o extraordinário e o comum. O brilho intenso da cor vermelha alaranjada parece pulsar de alguma fonte invisível no centro do templo, inundando esse espaço mais secreto e sagrado de luz celestial.

Nesse espaço, encontra-se a estátua de Amida Buddha que, de acordo com as escrituras do Maaiana-Budismo, é conhecida por sua longevidade, percepção pura e profunda consciência do fenômeno do vazio. Também conhecido como "O Buda da Luz e Vida Imensuráveis", seu santuário transmite um profundo sentimento espiritual.

Um lugar maravilhoso

Embora o Templo Honpukuji seja impressionante a qualquer hora do dia ou do ano, recomenda-se que os visitantes, principalmente os que gostam de fotografia, o visitem durante o pôr do sol. A cor vermelha escura do santuário interno é mais intensa durante o pôr do sol, pois a luz quente penetra no ambiente através de uma janela voltada para o oeste. Uma vez que Buda é natural da Índia, a oeste da “Terra do Sol Nascente", o efeito é simbólico e esteticamente agradável.

Quanto à melhor época para apreciar o lago de águas espelhadas, os visitantes podem ver os lírios em flor de maio a setembro e as lótus sagradas – um símbolo do paraíso representando o surgimento do Buda Amida – são mais bonitas de junho a julho. Mas o lugar é maravilhoso em qualquer época do ano ou hora do dia.

Próximo Templo Honpukuji– Templo da Água (Mizumido)

Hyogo491_main Arquitetura
Templo Honpukuji– Templo Da Água (Mizumido) Awaji-shi, Hyogo-ken
Akashi Kaikyo Bridge Atração
Ponte Akashi Kaikyo Kobe-shi, Hyogo-ken
Akashi city História
Akashi Akashi-shi, Hyogo-ken
Akashi Castle Akashi Park História
Castelo Akashi Akashi-shi, Hyogo-ken
villarakuen Estadia De Luxo
Villa Rakuen
Sumoto City História
Castelo De Sumoto Sumoto-shi, Hyogo-ken
  • INÍCIO
  • Templo Honpukuji– Templo da Água (Mizumido)

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages