Use a ícone nas páginas para adicionar aos favoritos

Planejando uma viagem ao Japão?

Compartilhe suas fotos de viagem conosco usando a hashtag #visitjapanjp nas suas imagens

Meus favoritos

Um enorme cipreste japonês que é mais antigo do que a própria nação do Japão

Jomon Sugi é o mais antigo e maior dos ciprestes - ou cedros - japoneses localizados em Yakushima . Acredita-se que a árvore tenha entre 2.500 e 7.000 anos de idade.

Informações gerais

Yakushima é Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO

O acesso à árvore é restrito a um mirante situado a 15 metros de distância

A caminhada até a árvore leva cerca de 10 horas - você deve sair antes do amanhecer para retornar antes do pôr do sol

Como chegar

É possível chegar a Jomon Sugi pela trilha de caminhada Kusugawa (à leste de Miyanoura) e pela trilha Arakawa (que começa na Barragem de Arakawa).

A Trilha Arakawa fica a 30 minutos de ônibus da cidade de Anbo. De março a novembro, carros particulares não são permitidos na estrada que dá acesso à trilha, então um ônibus de traslado que sai do Museu Yakusugi é a sua melhor maneira de chegar até a região.

Florestas pré-históricas

O nome de Jomon Sugi é uma referência ao período Jomon (c. 8000 a.C. a 300 a.C.) da pré-história japonesa. A árvore tem 25,3 metros de altura e uma circunferência de 16,4 metros. A dendrocronologia efetuada por cientistas japoneses nos galhos da árvore indicou que Jomon Sugi tem pelo menos 2.000 anos de idade, embora outros prognósticos definam a idade da árvore como algo próximo de 7.000 anos.

A importância de Jomon Sugi

A árvore foi oficialmente descoberta em 1968 e sua importância desencadeou esforços para proteger as florestas de Yakushima , um movimento que acabou levando a ilha a ganhar o status de Patrimônio Mundial da UNESCO em 1993.

Vá até o mirante para observar Jomon Sugi

Após a designação de Patrimônio Mundial de Yakushima, o acesso à árvore foi restrito a um mirante construído a 15 metros da base da árvore. A plataforma foi projetada para evitar danos à árvore após o fluxo de visitantes, que surgiu devido à declaração da UNESCO.

As outras árvores famosas

Ao longo da trilha até Jomon Sugi, existem várias outras árvores famosas. Estas incluem: Meoto Sugi, um par de árvores que lembram um marido e uma esposa se abraçando; Daio Sugi (Grande Rei Cedro) uma das maiores árvores da ilha; e Tronco de Wilson (nome em homenagem ao botânico inglês Ernest Henry Wilson), os restos de um cedro gigante que foi derrubado na década de 1580. Fotos do Tronco de Wilson, que datam do início do século XX, foram recentemente descobertas nos arquivos da Universidade de Harvard.

Próximo Jomon Sugi

Jomonsugi Natureza
Jomon Sugi Yakushima Island, Kagoshima-ken
Jomonsugi Natureza
Parque Nacional De Yakushima Kumage-gun, Kagoshima-ken
Shiratani Unsuikyo Ravine Natureza
Ravina De Shiratani Unsuikyo Yakushima Island, Kagoshima-ken
Yakusugi Cedar Land Natureza
Yakusugi Land Kumage-gun, Kagoshima-ken
Nagata Inakahama Beach Natureza
Praia De Nagata Inakahama Kumage-gun, Kagoshima-ken
sankarahotel&spayakushima Estadia De Luxo
Sankara Hotel & Spa Yakushima

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages