Use a ícone nas páginas para adicionar aos favoritos

Planejando uma viagem ao Japão?

Compartilhe suas fotos de viagem conosco usando a hashtag #visitjapanjp nas suas imagens

Meus favoritos

iwami ginzan silver mine iwami ginzan silver mine

A Mina de Prata de Iwami Ginzan (UNESCO) Uma antiga mina de prata situada na natureza profunda

Entre 1526 e 1921, a mina Iwami Ginzan foi uma das grandes produtoras de prata do mundo, e, no século XVI, até um terço da prata mundial era fornecida por ela.

Localizada em uma ampla área na região central da Província de Shimane , na Região de Chugoku , a mina e seu entorno mantêm as mesmas características de séculos atrás. A mina fica escondida na floresta densa de terreno montanhoso, preservada com muito cuidado pelos moradores.

Os destaques

  • Ande pelo Túnel da Mina Ryugenji Mabu, construído em 1715
  • Conheça o povoado vizinho, Omori-cho, onde residiam os mineiros
  • O caminho de 14 quilômetros que vai da mina até a cidade portuária de Okidomari

Curta um passeio descontraído ou faça uma trilha mais longa

Um fator decisivo no reconhecimento da Iwami Ginzan como Patrimônio Mundial é o fato da mina de prata ser parte de um grande ambiente natural e por ela ter coexistido lado a lado com ele por muito tempo. A mina Iwami Ginzan abrange uma grande área, então escolha entre os vários caminhos disponíveis—dependendo da escolha, é possível se deparar com duras trilhas montanhosas ou caminhos que se entrelaçam pela região.

Ande em um túnel de mina

A mina tem 500 túneis, conhecidos como mabu. Entre eles, o Túnel Ryugenji da Mina Mabu, construído em 1715, é aberto à visitação e exibe os vários processos de mineração empregados ao longo dos séculos. Passe pela entrada do pequeno túnel localizado dentro da floresta e tenha uma ideia dos processos de mineração quando era tudo inteiramente manual. A saída é pelo outro lado.

Conheça as antigas técnicas de mineração

Os mineiros da Iwami Ginzan usavam um método de extração conhecido como "haifuki-ho" (método de cupelação), introduzido no Japão pela Coreia em 1533. O método resulta na fundição do minério de prata e chumbo em uma liga que é então espalhada em um forno e aquecida a uma temperatura incrivelmente alta para extrair a prata. O método aumentou muito a produção de prata do Japão.

Percorra a antiga cidade mineradora

A dois quilômetros do Túnel Ryugenji da Mina Mabu fica a cidade de Omori . Uma vila cresceu ao lado da mina e abriga o Fórum, antigas residências de samurais, santuários e lojas. Atualmente, muitas dessas estruturas foram transformadas em cafés e lojas de lembranças. A propriedade da família Kumagai é um destaque. A casa mais antiga da propriedade dá uma ideia de como era a vida dos ricos comerciantes de prata nos séculos passados.

Conheça o interior das cavernas de um templo na montanha

Um caminho com belas paisagens conecta a mina ao porto de Okidomari, a 14 quilômetros de distância. Nele fica o Templo Rakanji, onde suas três cavernas abrigam 500 estátuas jizo, cada uma esculpida com características faciais distintas.

Relaxe nas cidades portuárias vizinhas

Ao visitar a região, descanse nas famosas termas de Yunotsu , próximas a Okidomari. Relaxe nas águas revigorantes das duas piscinas públicas, famosas em todo o Japão.

Como chegar

As principais plataformas regionais de transporte são a Estação Izumoshi e o Aeroporto de Izumo. Izumo fica a aproximadamente uma hora e 15 minutos de Tóquio por via aérea.

Existem duas rotas principais até a mina, uma da Província de Shimane e a outra da Província de Hiroshima . No entanto, há pouca disponibilidade de ônibus. Assim, se estiver saindo de Shimane , pernoite lá e visite os pontos turísticos de Shimane , como o Izumo Taisha, o maior e mais antigo santuário do Japão.

Se partir da Região de Kansai , pode ser mais prático pegar o trem-bala até Hiroshima . Porém, não se esqueça que as nevascas da região são intensas nos meses de inverno.

Existe apenas um pequeno ryokan (pousada em estilo japonês) na cidade de Omori . Então é melhor pernoitar nas cidades de Yunotsu ou Oda. Leve em conta que são poucas as opções de ryokan disponíveis em Yunotsu e em Oda. Opcionalmente, hospede-se na área próxima ao Aeroporto de Izumo.



* As informações desta página podem estar sujeitas a alterações devido à COVID-19.

Palavras-chave

Please Choose Your Language

Browse the JNTO site in one of multiple languages