Use a ícone nas páginas para adicionar aos favoritos

Planejando uma viagem ao Japão?

Compartilhe suas fotos de viagem conosco usando a hashtag #visitjapanjp nas suas imagens

Meus favoritos

Tips for Budget Travels

FAQ

Visitando o Japão

P: É preciso tomar alguma vacina antes de viajar ao Japão?

Não há nenhuma vacina específica necessária para entrada no Japão.

P: Preciso de visto?

Atualmente, o Japão tem acordos com 68 países que permitem que seus cidadãos entrem no Japão sem a necessidade de visto. Os cidadãos de todos os outros países precisarão de visto.

P: O que posso trazer do Japão?

A bagagem ou os itens considerados como estritamente de uso pessoal e que estejam dentro da quantidade permitida no duty free, conforme especificado pela regulamentação aduaneira. Consulte mais informações sobre as regras e regulamentos aduaneiros em JNTO: Alfândega .

P: Os cartões de créditos são amplamente aceitos? É mais aconselhável levar cheques de viagem, dinheiro ou cartões de crédito?

Embora a maioria das lojas e dos restaurantes aceitem os cartões VISA, MasterCard e American Express, os visitantes devem se lembrar de que a cultura do pagamento em dinheiro é ainda muito forte no Japão. É possível encontrar lojas menores ou hotéis ryokan em locais mais afastados que só aceitem ienes em dinheiro. Há mais de 26.000 caixas eletrônicos dos Correios disponíveis em vários locais em todo o Japão, e nas agências dos Correios há sinalização indicando se elas possuem ou não caixa eletrônico. As bandeiras Cirrus, Plus, Maestro e Visa Electron são aceitas, assim como os cartões de crédito Visa, MasterCard, American Express e Diners Club. O Japão tem uma das menores taxas de criminalidade do mundo. Portanto, não é perigoso andar com dinheiro. Os cheques de viagem também são uma opção, mas é importante que eles sejam em ienes japoneses ou em dólares americanos. Os cheques de viagem nem sempre são aceitos em hotéis e bancos menores.

P: Posso usar meu celular no Japão?

Isso vai depender de sua operadora. Antes de viajar para o Japão, verifique a compatibilidade de seu celular com sua operadora de telefonia móvel. É importante observar que no Japão há serviço de aluguel de telefones, cartões SIM e Wi-Fi disponíveis em diferentes planos e valores. A maioria dos principais aeroportos tem quiosques que oferecem esses serviços. Pesquise para verificar qual opção é a mais adequada para você.

P: O Japão é caro?

O Japão é um país acessível para viajar, mesmo para aqueles com um orçamento apertado. Há uma grande variedade de acomodações econômicas, passes de transporte e descontos turísticos para ajudar a apoiar a JNTO: Dicas de viagem econômica Aliás, Tóquio e outras grandes cidades japonesas não são mais caras do que outras grandes cidades ao redor do mundo. Se você fizer escolhas inteligentes, a grande variedade de lojas, restaurantes e serviços ajudarão a fazer seus ienes rederem bastante. As lojas com produtos a 100 ienes e as lojas com produtos mais baratos oferecem uma grande quantidade de conveniências a um preço bastante acessível e presentes com preços razoáveis. Há também restaurantes baratos que servem refeições a 1.000 ienes ou menos. Se você reservar sua acomodação com antecedência, sua estada no Japão pode ser relativamente barata. Há muitas redes de hotéis baratos e hotéis ryokan, principalmente nas principais cidades e áreas turísticas. Saiba mais sobre a JNTO: Opções de acomodações mais adequadas a você.

P: É difícil viajar no Japão sem dominar o idioma japonês?

Viajar em um país onde você não fala o idioma pode ser ao mesmo tempo desafiador e gratificante. Mesmo que você não fale japonês, não será tão difícil se locomover pelo Japão. O inglês é geralmente entendido em todo o país, principalmente nas principais cidades e centros turísticos. Junte isso com uma linguagem corporal e gestos respeitosos, e você não terá muitas dificuldades. Os anúncios de transporte público são frequentemente feitos em japonês e inglês, e as sinalizações geralmente incluem caracteres romanos inteligíveis ou explicações em inglês. Há também uma grande variedade de serviços turísticos que fornecem ajuda aos visitantes estrangeiros no Japão.

P: Quando é o período de alta temporada para turismo no Japão?

A diferença entre os períodos de baixa e alta temporada no Japão é enorme. Se seu período de férias for flexível, tente evitar estas épocas específicas quando os preços disparam e o transporte e os hotéis tendem a ficar completamente lotados, sem vagas. Ano Novo – de 27 de dezembro a 4 de janeiro e os finais de semana adjacentes. Golden Week – 29 de abril a 5 de maio e finais de semana adjacentes. Bon, a temporada dos festivais de verão – a semana centrada em 15 de agosto.

Transporte

P: Como posso chegar ao centro de Tóquio a partir do Aeroporto de Tóquio - Narita?

Os visitantes podem chegar ao centro de Tóquio de várias formas. Os visitantes podem escolher entre os trens da JR Narita Express, os ônibus executivos e os trens da Keisei Dentetsu Railway para chegarem à cidade. O Narita Express é uma das opções mais rápidas e o trajeto para a Estação Tóquio dura aproximadamente 60 minutos. A tarifa custa em torno de 3.000 ienes e pode-se usar o Japan Rail Pass. Os ônibus executivos também têm várias linhas diretas para as principais estações e hotéis, e as durações das viagens variam de 60 a 90 minutos, dependendo do tráfego e do destino final. As tarifas para os ônibus executivos custam cerca de 3.000 ienes. O Keisei Dentetsu Limited Express, conhecido como Sky Liner, opera entre o Aeroporto de Tóquio - Narita e Ueno no centro de Tóquio e o trajeto dura cerca de 60 minutos. A tarifa custa em torno de 2.000 ienes. Há também outras opções de trem expresso com destino à cidade.

P: Como posso ir ao Aeroporto de Tóquio - Haneda a partir do Aeroporto de Tóquio - Narita?

Os ônibus executivos e os trens expressos limitados para os aeroportos são as melhores opções. Cerca de três ônibus por hora circulam entre os aeroportos, exceto de manhã cedo e à noite. O trajeto dura em torno de 80 minutos. Há alguns trens Rapid Express (expresso rápido) para o aeroporto da empresa Keisei Dentetsu Railway a cada hora – cujo trajeto dura cerca de 110 minutos.

P: Como posso chegar ao centro de Osaka do Aeroporto Internacional de Kansai?

O JR Limited Express Haruka, o Nankai Dentetsu Railways RAPIT Limited Express e o ônibus executivo são as melhores opções de transporte para o centro de Osaka. O Haruka o levará à Estação JR Shin-Osaka no centro de Osaka em torno de 45 minutos. O Japan Rail Pass é válido para esse trajeto. Se optar pelo RAPIT, você chegará à Estação Namba, a área mais movimentada de Osaka, em cerca de 30 minutos. O trem expresso leva cerca de 40 minutos. Há vários serviços de ônibus executivo disponíveis nas principais estações e hotéis. O tempo de viagem varia de acordo com o trânsito, mas o percurso leva cerca de 1 hora.

P: É verdade que os trens são a maneira mais conveniente de viajar pelo Japão?

As redes ferroviárias atravessam todo o país. A Japan Railways (JR) – incluindo as linhas de trem-bala shinkansen – conecta todas as principais cidades em todo o país e as empresas ferroviárias particulares operam em cada região. As grandes cidades também oferecem várias opções de metrô e monotrilho. O grupo Japan Railways: Japan Rail Pass é um método muito econômico e conveniente de realizar viagens ilimitadas em linhas JR dentro do Japão, incluindo os trens-bala, à exceção do Nozomi.

P: Posso comprar passagens ou fazer reservas para os trens JR com antecedência?

É possível comprar passagens e fazer reservas no exterior. A JR East Japan Railway Company: Reservas para trens da JR-East – a vasta rede de trens que conectam Tóquio às províncias vizinhas – Há um site para reservas no Narita Express (o trem expresso limitado que circula entre o Aeroporto Internacional de Narita e a região metropolitana de Tóquio) e o Tohoku/Nagano e outras linhas de trem-bala.

P: Há opções de passagens ilimitadas para os trens no Japão?

Há uma variedade de passes ilimitados para trens, e como mencionado acima, principalmente o grupo Japan Railways: Japan Rail Pass –, que cobre uma vasta área do país. Com esse passe, é possível viajar ilimitado em linhas JR, incluindo o trem-bala shinkansen (à exceção do trem Nozomi). É necessário obter um voucher de troca para adquirir um Japan Rail Pass e pode ser adquirido pelos escritórios internacionais da JTB International, da Nippon Travel Agency Co., Ltd., da Kinki Nippon Tourist Co., Ltd. e da Tokyu Tourist Corporation, bem como de suas agências de viagens afiliadas em outros países. Os vouchers de troca também estão disponíveis nos escritórios internacionais da JAL. A JR East Japan Railway Company: O passe Seishun 18 também oferece viagens JR com desconto para aqueles que quiserem usar as linhas locais.

P: Há cartões pré-pagos para o transporte público em Tóquio?

Os principais cartões pré-pagos usados no Japão são o Pasmo e Suica. Há também outros cartões para uso local. Esses cartões recarregáveis exigem um depósito reembolsável de 500 ienes na primeira vez que você adquire um deles. Eles podem ser carregados várias vezes, facilitando o deslocamento em trens, ônibus e alguns barcos. Não se esqueça de devolver o cartão para receber seu depósito de volta (ou guarde-o como souvenir!)

P: Quanto tempo dura o trajeto de trem até Quioto ou Osaka a partir de Tóquio?

O trajeto dura aproximadamente 2 horas e 30 minutos até Quioto e 3 horas até Osaka, no trem-bala Hikari. Se estiver com pressa, o trem-bala Nozomi Shinkansen chega 15 minutos mais rápido a Quioto e 30 minutos mais rápido a Osaka. No entanto, o JR Pass não é válido para esse trem.

P: Preciso de uma carteira de motorista internacional para dirigir no Japão?

Se quiser dirigir no Japão, é preciso seguir as regras estabelecidas pela Federação Automobilística do Japão: Obtenção de tradução da carteira de motorista estrangeira para o japonês . Familiarize-se com as condições antes de chegar ao Japão. Algumas das principais condições são: 1) Obter uma carteira de habilitação japonesa. 2) Obter uma carteira de habilitação internacional. É preciso solicitar esse documento antes de viajar para o Japão. 3) As carteiras de habilitação da França, Suíça, Alemanha, Bélgica, Eslovênia, Mônaco ou Taiwan devem ser acompanhadas de uma tradução juramentada.

Acomodação

P: Que tipo de acomodação o Japão oferece?

O Japão oferece uma ampla variedade de acomodações para todos os gostos e orçamentos. Para acomodações em estilo ocidental, existem hotéis de luxo e executivos. Se preferir acomodações em estilo japonês, experimente uma Ryokan (pousada em estilo japonês) ou uma Minshuku (pousadas particulares que oferecem cama e refeições). Para os visitantes que buscam opções mais econômicas, há o Japanese Inn Group e os albergues da juventude.

P: Como posso fazer reservas em hotéis?

Solicite ao seu agente de viagens para organizar a acomodação ou entre em contato diretamente com o hotel. Atualmente, vários hotéis têm seu próprio site onde é possível fazer as reservas on-line.

P: Como posso encontrar acomodações com preços razoáveis?

Pesquise em uma grande variedade em JNTO: Pesquisa de hotéis e ryokan para todo tipo de orçamento.

Pontos turísticos

P: Há alguma recomendação para quem viaja ao Japão pela primeira vez?

Tóquio e as cidades vizinhas Nikko e Hakone são, muitas vezes, a primeira parada para quem viaja ao Japão. As cidades antigas de Quioto e Nara também são populares. No entanto, há muito mais para explorar. Pesquise com mais detalhes este site para obter informações sobre as regiões de todo o país, incluindo locais de interesse, eventos e atividades.

P: O Japão é um país totalmente urbanizado como Tóquio? Ou há áreas de paisagem natural para visitar?

A região metropolitana de Tóquio é uma cidade grande com uma população de mais de 12 milhões de habitantes. Nessa região há uma concentração de empresas, estabelecimentos comerciais e agências governamentais, que afetam a economia do Japão e do mundo. Como há muitos prédios de escritórios e instalações comerciais, pode-se ter a impressão de que não há beleza natural em Tóquio. Porém, há muitos parques e áreas verdes, como o Parque Hibiya, os Jardins externos do Palácio Imperial e o Jardim externo do Santuário Meiji, onde o verde em Tóquio é exuberante. Uma vez que um sétimo da paisagem do Japão é de montanhas, repleta de rios, desfiladeiros e lagos, você pode desfrutar de belas paisagens a uma curta distância das principais cidades. As Montanhas Shirakami-Sanchi em Aomori e as Províncias de Akita e Yakushima na Província de Kagoshima foram inclusive declaradas como Patrimônio Mundial pela UNESCO. Há também 28 parques nacionais onde a paisagem natural é protegida. Além disso, como o Japão é um país de ilhas cercadas por mares de todos os lados, você pode desfrutar da pitoresca costa de várias partes do país. Por exemplo, a ilha subtropical de Okinawa oferece belíssimos resorts oceânicos com recifes de coral e praias espetaculares onde há resorts oceânicos de primeira classe de todo o mundo.

P: Onde posso assistir aos torneios de sumô? Como posso comprar os ingressos?

Consulte a programação, os locais e como comprar ingressos para os grandes torneios de sumô na página inicial do site-Nihon Sumo Kyokai: Página inicial do site oficial dos Grandes Torneios de Sumô .

P: Ouvi dizer que é preciso permissão para visitar o Palácio Katsura Rikyu. Como posso obter essa permissão?

Saiba mais sobre como visitar o Palácio Katsura Rikyu aqui-JNTO: Vila Imperial Katsura .

Informações gerais

P: Ouvi dizer que muitos japoneses ainda usam quimonos como roupa do dia a dia. Isso é verdade?

Até aproximadamente 130 anos atrás, a maioria dos japoneses usava quimonos como roupa do dia a dia. No entanto, por volta dessa época, as roupas ocidentais começaram a ficar populares entre os japoneses. Em 1925, as roupas ocidentais eram bastante usadas por muitos cidadãos japoneses. Nas empresas, os ternos eram a norma para os funcionários do sexo masculino e as funcionárias começaram a usar roupas em estilo ocidental para trabalhar nos escritórios. Algumas pessoas até usavam roupas ocidentais em casa. Atualmente, a maioria dos japoneses usa quimonos para cerimônias, como casamentos ou em outras ocasiões especiais. Os ternos são geralmente usados como vestuário corporativo, mas, fora isso, as roupas informais típicas do ocidente, como camisetas, camisas polo, suéteres e jeans, são todas populares.

P: Os japoneses consomem sushi com frequência?

O sushi é de fato um prato japonês típico e popular (principalmente no ocidente), apreciado por muitos japoneses. Porém, os japoneses não se alimentam de sushi todos os dias. O sushi nem é uma refeição comum do dia a dia dos japoneses. No dia a dia, a refeição de muitos japoneses inclui peixes e legumes como ingredientes essenciais, mas os japoneses também consomem com frequência alimentos ocidentais, como espaguete, hambúrgueres e bife. Há muitas opções de restaurantes fast-food no Japão, como estabelecimentos de hambúrgueres e, em grandes cidades como Tóquio, há restaurantes que servem uma variedade de pratos da culinária internacional. A dieta japonesa é sem dúvida tão ou mais rica em variedade quanto a dieta de outros países do mundo.

P: Os samurais ainda existem?

Os samurais eram membros de uma poderosa classe de guerreiros que dominavam as artes marciais e estavam envolvidos em assuntos militares. A classe samurai governou o Japão até cerca de 140 anos atrás, mas no Japão atual não há mais samurais. A origem dos samurais remonta ao meio do período Heian (de 794 a 1192), quando poderosos clãs de fazendeiros e oficiais militares, que tinham protegido os nobres e suas residências, foram reclassificados para a classe samurai. Logo após essa época, a classe samurai tornou-se poderosa. Em 1192, o primeiro governo Samurai foi estabelecido em Kamakura, e a classe samurai governou o país por mais de 680 anos até a Restauração Meiji de 1867. Como o mundo já viu através do filme hollywoodiano, "O Último Samurai", estrelando Tom Cruise, guerreiros samurais são assuntos populares para filmes, dramas e seriados de TV.

P: Em que realmente consiste o trabalho das gueixas?

As gueixas são mulheres cuja profissão é entreter os hóspedes em uma sala com tatames em restaurantes de estilo japonês e outros estabelecimentos do gênero. Elas realizam artes japonesas tradicionais, como dançar, tocar o shamisen (um instrumento musical japonês de três cordas), e tocar/cantar acompanhamentos musicais. As gueixas podem ter de 18 a 80 anos. Uma gueixa aprendiz é chamada de Maiko em Quioto e Hangyoku em Tóquio. Acredita-se que atualmente haja menos de 10.000 gueixas no Japão. Algumas pessoas podem ter uma impressão equivocada sobre a ocupação de uma gueixa, já que as gueixas são mulheres e os seus convidados geralmente são homens. Porém, a verdade é que as gueixas são exclusivamente artistas profissionais que entretêm os hóspedes com apresentações de artes tradicionais.